Manometria Anorretal

Procedimento utilizado para avaliar as pressões dos músculos do esfincter anal

A manometria anorretal é um procedimento realizado para avaliar pacientes com constipação ou incontinência fecal. O exame mede basicamente as pressões dos músculos do esfíncter anal, a sensação no reto e os reflexos neurais que são necessários para executar os movimentos normais do intestino.

Pode ser realizado em qualquer idade.  Não requer (nem permite) anestesia ou sedação, por ser um exame pouco invasivo e indolor e prescindir da participação consciente  do paciente.

Preparo para o procedimento
Normalmente não se faz nenhum preparo. A alimentação deve ser a habitual. No caso de pacientes com prisão de ventre, pode ser solicitado o uso de algum supositório na manhã do exame. O ideal é que o paciente já tenha evacuado antes do exame. Pode-se tomar qualquer medicação regular até 2 horas antes do estudo. O procedimento do exame leva cerca de 20 minutos. Será solicitado vestir um avental. O médico ou enfermeiro irá explicar o procedimento, obter uma história breve de saúde e responder a quaisquer perguntas que possa haver.

Como é feito o procedimento?
O paciente, em seguida, deita-se sobre seu lado esquerdo. Uma pequena sonda flexível, do calibre de um termômetro, com um balão na extremidade é inserido no reto. O cateter é conectado a um aparelho que mede basicamente pressões. Durante o procedimento, o pequeno balão anexado ao cateter pode ser inflado no reto para avaliar as vias de reflexos normais.

A enfermeira ou técnico também pode pedir ao paciente para efetuar movimentos comuns como: esforço para evacuar, para prender, ou mesmo relaxar em vários momentos do exame. As pressões do músculo esfíncter anal são medidas durante cada uma dessas manobras. Para prender, o paciente aperta os músculos do esfíncter, como se tentando impedir que alguma coisa fosse sair. Para forçar a evacuação, as tensões serão dirigidas para baixo como se tentando ter um movimento de evacuação.

Teste de expulsão do balão
Para este procedimento, um pequeno balão é inserido no reto e então inflado com água. O paciente vai ao banheiro e tenta defecar (expelir) o pequeno balão do reto. A quantidade de tempo que leva para expulsar o balão é gravada. Expulsão de balão prolongada sugere uma disfunção na área anorretal.

Biofeedback
Técnicas de biofeedback utilizando manometria anal e exercícios especiais dos músculos do assoalho pélvico podem fortalecer os músculos e melhorar a sensação e a função evacuatória auxiliando tratar a incontinência fecal. Esta técnica pode ser comparada a uma fisioterapia local, requisitando do paciente o comprometimento com a manutenção dos exercícios ensinados, para alcançar o sucesso do tratamento.

Existem muitas causas de constipação. Algumas se associam a movimento lento através do de todo o cólon , enquanto outras comprometem  os músculos do esfíncter anal.  Em alguns pacientes com constipação, os músculos do esfíncter anal não se relaxam adequadamente durante o esforço evacuatório, o que chamamos de “anismo”. Também pode ser corrigido através do biofeedback.

Riscos de manometria anorretal
A manometria anorretal é um procedimento seguro e de baixo risco e é pouco provável causar qualquer dor. As complicações são raras: é possível que um pequeno sangramento possa ocorrer se o paciente estiver com uma lesão prévia.  Se você é alérgico ao látex, você deve informar ao enfermeiro/técnico antes do teste, para que o balão do cateter seja substituído por um de vinil.