Pancreatite

Inflamação no Pâncreas, glândula responsável pela produção da insulina e glucagon

Sobre a doença

Pancreatite é a inflamação no pâncreas. O pâncreas é uma glândula localizada atrás do estômago no abdome superior. Entre as suas funções está fazer a digestão das gorduras e carboidratos que ingerimos usando o suco pancreático, substância que contém enzimas digestivas. Além disso, o pâncreas é responsável por produzir os hormônios insulina e glucagon. A insulina é responsável por reduzir as taxas de açúcar no sangue, ao passo que o glucagon tem o efeito contrário, aumentando essas concentrações.

A pancreatite pode ocorrer de forma aguda ou crônica. Os casos leves de pancreatite podem desaparecer sem tratamento, mas casos graves podem causar complicações com risco de vida.

Pancreatite Aguda

O início da pancreatite aguda é frequentemente muito repentina. A inflamação geralmente desaparece dentro de poucos dias, uma vez que o tratamento começa. De acordo como DATASUS, no Brasil são registrados cerca de 5,9 casos a cada 100 mil habitantes todos os anos. Os cálculos biliares são a causa mais comum da pancreatite aguda. O cálculo biliar é uma massa pequena e sólida que forma a partir de bile na vesícula. O pâncreas e a vesícula biliar se ligam pelo ducto biliar, através do qual a bile e outras enzimas digestivas passam durante a digestão. Os cálculos podem criar inflamação do ducto biliar e no pâncreas. O alcoolismo também pode também contribuir para a pancreatite aguda.
Pancreatite Aguda

Pancreatite Crônica

A pancreatite crônica é uma inflamação que se repete. Os pacientes com pancreatite crônica podem sofrer danos permanentes ao pâncreas. Sua incidência é estimada entre cinco e 10 casos para cada 100 mil indivíduos por ano. O tecido cicatricial se desenvolve a partir de inflamação de longa duração e pode fazer o pâncreas parar de produzir a quantidade normal de enzimas digestivas. Como resultado, é provável que você tenha problemas para digerir gorduras. O abuso de álcool é a causa mais comum de pancreatite crônica em adultos. Doenças autoimunes e doenças genéticas, tais como a fibrose cística, também podem causar a pancreatite crônica em alguns pacientes.

Sintomas

Pancreatite aguda: Dor abdominal superior Dor abdominal que se irradia para as costas Dor abdominal que se sente pior depois de comer Náusea Vômitos. Pancreatite crônica: Dor abdominal superior Perder peso sem esforço Fezes gordurosas e fedorentas (esteatorreia). Outros sintomas de pancreatite: Febre Ritmo cardíaco acelerado Suor Pele ou a parte branca dos olhos com cor amarelada (icterícia) Choque

Tratamento

O tratamento para a pancreatite geralmente requer hospitalização. Uma vez que sua condição está estabilizada e a inflamação no pâncreas é controlada, os médicos podem tratar a causa subjacente de sua pancreatite. Medidas iniciais para controlar a inflamação no pâncreas são: - Jejum - Uma vez que a inflamação no pâncreas é controlada, você pode começar a beber líquidos claros e comer comidas com pouca gordura e proteína. Com o tempo, você pode voltar a sua dieta normal. - Se a pancreatite persistir e você ainda sentir dor ao comer, o médico pode recomendar alguns medicamentos no sentido de controlar a dor e/ou repor as enzimas pancreáticas. - Terapia intravenosa. Como seu corpo dedica energia e fluidos para reparar seu pâncreas, você pode ficar desidratado. Por esta razão, você vai receber líquidos através de uma veia em seu braço durante a permanência no hospital. - Quanto tempo você ficar no hospital dependerá de sua situação. Algumas pessoas se recuperam rapidamente, enquanto outras desenvolvem complicações que exigem uma internação mais longa. Uma vez que a pancreatite está sob controle, a equipe de cuidados de saúde pode tratar a causa subjacente de sua pancreatite. O tratamento dependerá da causa da sua pancreatite, mas exemplos de tratamento podem incluir: - Procedimentos para remover obstruções biliares - Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica - Cirurgia para retirar cálculos da vesícula biliar - Cirurgia para drenar o líquido do pâncreas ou remover tecido doente - Tratamento para a dependência do álcool. Pancreatite crônica A pancreatite crônica pode exigir tratamentos adicionais, dependendo da sua situação. Outros tratamentos para pancreatite crônica podem incluir: - Medicamentos para aliviar a dor - Dor severa pode ser aliviada com cirurgia para bloquear os nervos que enviam sinais de dor do pâncreas para o cérebro. - Suplementos de enzimas pancreáticas para ajudar seu corpo a quebrar e processar os nutrientes nos alimentos que você come. - Alterações em sua dieta. Um nutrólogo ou nutricionista pode ajudar a planejar refeições de baixo teor de gordura e ricas em nutrientes.