Terapêutica Endoscópica do Esôfago

Procedimentos endoscópicos-cirúrgicos para o tratamento das doenças do esôfago como varizes e dilatação

Sobre a cirurgia

Problemas no esôfago podem ser tratados de forma menos invasiva através de procedimentos endoscópicos. Conheça os principais problemas de esôfagos tratados através desta técnica:
- Ligadura elástica de varizes esofágicas: é o tratamento preferencial para quem possui a patologia, que consiste em veias dilatadas que costumam surgir em doenças que fazem aumentar a pressão nas veias do sistema porta, sendo a cirrose hepática o exemplo mais frequente. Se não tratado, o problema pode levar a graves sangramentos.
O procedimento é realizado sob sedação, através de um procedimento de endoscopia, onde o médico irá identificar os cordões varicosos e irá utilizar um aparelho com pequenos anéis de borracha que estrangula a porção da variz, fazendo a mesma diminuir de tamanho até secar.
- Esclerose de varizes esofágicas: outra técnica para o tratamento das varizes esofágicas através da endoscopia. É feito sob sedação, onde uma substância especial é inserida dentro da veia dilatada a cada 15 dias para que a mesma diminua de tamanho até secar.
- Dilatação esofágica: é um procedimento realizado para dilatar (ou abrir) uma área estreita do esôfago com o auxílio da endoscopia. A causa mais comum desses estreitamentos são as cicatrizes provenientes das esofagites por refluxo do ácido do estômago. Outras causas são a ingestão de substâncias cáusticas, câncer de esôfago, cicatrizes após radioterapia ou problemas com a motilidade do órgão. Feito sob sedação, o médico definirá qual é a melhor técnica a ser utilizada para o tratamento.